23.1.09

Ela vem pela montanha, ela vem.


Tapando-a com a mão esquerda para preservar a temperatura, em minha caneca trago uma generosa medida de chá.
Em minha mesa, noto que o cheiro da hortelã se espalha pelo ambiente. O aroma é bom, relaxa e conforta. Fico ali, meio contemplativo, meio sei lá. 
Acho que o cheiro lembra minha casa antiga, lembra infância. Dou uma rebobinada na história, volto alguns anos. Minha mãe sempre me deu chás para beber. E eu sempre gostei.
A sensação de contemplação é excelente, quase intra-uterina. E lá estou eu, em segurança, acalentado, aconchegado com um chá. Sem frio, sem dor, sem medo. Sem carência alguma, a sensação é boa, mas preciso descrevê-la.
Para isso, dê uma espiadinha no You Tube. Vamos constatar a tese juntos: Na busca tecle "Donald Duck - Camping Trip".
Cá está ele. Um clássico episódio do desenho que mais fez parte da minha infância. A trilha sonora vêm com tudo, arregaçando sentimentos e constatando minhas desconfianças: sensações que remetem à nossa infância são confortantes e acolhedoras. Gostamos e nem sempre sabemos porque.
Gosto de uma mantinha marrom xadrez e gosto do cheiro de pré-escola: massinha de modelar, sanduíche de pão de forma sem casca com manteiga e Quick Morango. E que tal a mescla de Gelatina de Cereja com as trilhas sonoras do Tom e Jerry? 
Relaxe. Ouça o programa "Nas trilhas do Jazz" na Lumén FM e aconchegue-se também.
De momento descerei para recarregar minha caneca e, com a Camomila, voltarei a 1989. 

2 comentários:

Nathi disse...

Momento "remember". :)

rafs disse...

obrigado por me proporcionar este belo momento com o episódio camping trip!