30.5.07

Como assim?

Como assim?

Pra ficar com a pulga atrás da orelha basta fazer uso de uma frase com algumas reticências, sabe...
Pronto, algo ficou no ar, a verdade disposta tornou-se mera suposição.
Nós gostamos das certezas para podermos nos deixar parecer por pessoas seguras. Mas no fundo todos torcemos para o acaso surgir, para que a dúvida fique no ar. Algum agrado dado sem uma prévia precaução e pronto, o coração palpita de forma descompasada e a cabeça passa a estar aberta a todas as situações possíveis.
Existem pessoas com o dom da objetividade, mas antagonicamente, existem seres com o feeling da subjetividade. No caso do tema "homens", isso fica até óbvio. As mulheres querem casar com um cara objetivo. Ah, mas até os 27 anos elas buscarão a diversão com os seres mais incógnitos do pedaço.
Mas este texto não pode passar obviamente de uma mera divagação, pois se fosse uma certeza absoluta também, não teria graça. Mas pera aí, se é uma besteira qualquer, por que estou perseverando nisso? Mas aí se é besteira, é um outra confirmação, uma verdade... Ih!

4 comentários:

Belle disse...

eu sou um ser com o feeling

(reticências)

hihih

(?)

Cézanne disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cézanne disse...

Ih... você não fará parte mais da diversão agora... haha..

Grazie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.