15.2.07

Eficacia x eficiência


Eficacia x eficiência

Falarei da história do jovem Mário de Carvalho e Souza, vulgo Garibaldo. Ele era um cara popular dentre a comunidade que convivia. Trazendo o apelido de Garibaldo, era tido como um ser divertido, educado e bastante charmoso. Por anos carregou o fardo da boa conduta. Qualquer atitude desmedida era motivo de bafafá, principalmente dentre os mais novos. Garibaldo não podia sequer alcoolizar-se que já virava assunto nas diversas rodinhas de fofocas: "Vocês viram como ele tava ontem? Meu Deus! Parecia outra pessoa, todo fechado, com olhares atravessados, mais estranho, impossível".

Aí nos questionamos sobre a popularidade do rapaz: Qual será o verdadeiro Garibaldo? O recluso e desconfiado? Ou o mais vendido, o mais entregue e mais aceito? Difícil concluir.
É, Garibaldo era eficiente!

Bons tempos aqueles em que ele andava por aqui. Mas derrepente ele entristeceu, ficou mais calado, com menos cores, quase um tom de sépia. Garibaldo passou a ser simplesmente Mário. E, levando seus pertences na mochila, partiu, praticamente deixando Garibaldo numa caixa de papelão selada e posta debaixo da casa de sua tia Carmen.

Dizem que Mário, longe daqui, ganhou cor, ganhou simpatia, ganhou uma carta de aceite da população local, mais especificamente da população de Presidente Prudente. Hoje ele tem um sorriso discreto, não é motivo de comentários nas rodinhas, sempre passa despercebido. Ele não se expõe, apenas deixa estar, fica em Stand by permanentemente. É feliz. Hoje Mário não come mais ninguém, a não ser quando bebe um pouco, aí, inversamente ao passado praticamente traveste-se de Garibaldo, por algumas horas só... e ataca, ataca vorazmente. Ah se ataca!

Mas "esse" novo Garibaldo não é falado por aí, é guardado a sete chaves na mente de algumas dezenas de senhoras de Presidente Prudente e região.

Ah, agora sim, Mário é eficaz!

8 comentários:

Nicole disse...

Hey boy!
Uh lá lá como eu te disse no msn hein? O.o
Eu lendo seu texto encontrei-me num dilema.. eu sou o que? eficiente? eficaz? busco a perfeição? busco a autoridade? a auto aceitação? maldade? a inocência?
só acho que nós seres "pensantes" somos, além de racionais extermamnete mutáveis! Sendo difícil saber quem somos e aonde somos nós, ou onde o outro nós ataca de novo!
O.o me encontrei lendo seu texto... mas de tanto pensar.. me perdi!
Beijãããããão Marin ;)

Nicole disse...

CORREÇÂO do comentário anterior

Ah.. tô com preguiça! =P

mas faz de conta que não errei nada! iuahsuia

Jose filipe disse...

O CARA . naum era pra contar minha historia aih naum!!!

andy. disse...

Faltou o "qualquer semelhança é mera coincidência".

Belle disse...

confesso que dessa vez eu boiei...

nathi disse...

Garibaldo e Mário ou seria Mário e Garibaldo? Hãã, acho que não faz muita diferença... Bom, acredito que sofram de esquizofrenia! ô.ô

pâm disse...

Muitas vezes acho injusto alguém ser considerado inapto para "subir na vida" por ser eficiente e não EFICAZ!

mas,...

busquemos a eficácia então!

Belle disse...

Tá na hora de postar.