10.1.07

Hei de ser

Hei de ser!

Olha, devo dizer que aprecio bastante as pessoas que transpiram simples sentimentos de despreocupação. Descompromisso com o se portar adequadamente em demasia, desinteresse pela vaidade, desapego, em certo ponto, com a forma de como se é percebido pelos outros.

Algumas pessoas possuem esta virtude. Hei de ser virtuoso assim um dia.
Virtude de andar pelas ruas chupando manga e sorrir para as vizinhas gatas, sem ligar.
Virtude de estar parado no ponto do ônibus - pronto para encontrar uma pitchula - e ser sinalizado por uma senhora que saia do carro: "hei, pode cuidar" e retribuir o gesto com um sorriso, e um outro "bem cuidado tia" e continuar sentindo-se bem consigo mesmo.
Virtude por não carregar rancor do entrevistador que o relegou emprego, simplesmente por não concordar com o seu super-herói preferido.
Virtude por buscar entretenimento em pequenos detalhes esquecidos pela vida.
Virtude em admirar pessoas que saibam contar causos pessoais, mas principalmente, virtude em buscar ter contos pessoais para contar também.
Ah! E a virtude de ter um bom nível de humor ao escrever, tal qual o Dostoievski.
Hei de ser. Hei de ter.

7 comentários:

gih disse...

realmente quem saiba um dia todos sejamos virtuosos a tal ponto.
mas sinceramente duvido que eu consiga nao me importar com a manga! hahaha

Pâm disse...

Ah meu grande amigo,... aproveite seu tempo livre para desfrutar das literaturas do Dostoieviski, que com certeza seu nível de hironia irá se elevar!
Seja otimista rapaz, você começou pela mini-obra...

Pâm disse...

Ah meu grande amigo,... aproveite seu tempo livre para desfrutar das literaturas Dostoieviskianas, que com certeza seu nível de hironia irá se elevar!
Seja otimista rapaz, você começou pela mini-obra...

nathi disse...

eu já tenho a virtude em comentar aqui. ;)
façamos o bem então. para sermos virtuosos.

marie. disse...

eu já me imagino uma daquelas que ficam ofendidas quando alguém levanta no ônibus. mas só quando o ponto for perto porque quando o ponto fot longe eu vou sorrir, agradecer e sentar. certeza.

Belle disse...

buscar entretenimento em pequenos detalhes esquecidos pela vida

Lucieide disse...

(com voz de fada de desenhos infantis, ou ainda, a voz da mãe do superman das antigas):

"Você já sabe o caminho, querido! Uma prova disso é o que escreveu aqui. Agora transforme seu texto em ações..."

Enfim, deixa eu ir antes que te mande seguir a estrada das pedras amarelas...rs.