9.2.11

Cerveja e amendoim

Meu trabalho às vezes judia. Porém, acabo de perceber que, atualmente, é mais fácil ser publicitário, do que Pizza de Mozzarella. Vejam o panorama: até meados dos anos 80, a Mozzarella tinha a vida ganha. Uma delícia, todo mundo a adorava. Uns até colocavam um tomatinho junto, mas sem comprometer a arquitetura da coisa que tinha o orégano como coadjuvante de destaque. Porém, certo dia, algum inconformado com a vida resolveu adicionar nesta maravilha do mundo algumas lascas de parmesão. E, como se não bastasse, outro doido foi lá e experimentou a combinação com o catupiry. E, para comprovar definitivamente que o ser humano é um eterno insatisfeito, alguém misturou tudo numa verdadeira suruba gastronômica e pronto, nasceu o mostro da Pizza 4 Queijos. Aí você diz: "Ah, mas eu gosto". Tudo bem, mas a mussarela não resolvia a sua vida e da sua família? Você dirá que não e eu te darei um tapa de luvas, rebatendo com um "sim", claro que resolvia! Se não fosse assim, se 4 queijos unidos tivessem o poder de acabar com os problemas palativos mundiais, algum desvairado não se atreveria a ir além. Mas assim se fez. Fatality: 5 queijos e borda recheada de cheddar. Uma cadeia de absurdos que não tem fim. E olha que todas essas minhas lamúrias não tem o objetivo de provar que somos eternos chatos ou que o homem está em constante evolução, aprimorando fórmulas e blá, blá, blá. Esse papo aqui é só pra dizer que, uma hora ou outra, você vai voltar pra Mozzarella. Uma hora ou outra, seja no assunto que for, você vai voltar pro básico. Ah, e porque a Mozzarella é o meu sabor favorito.

2 comentários:

Grati disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tina disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.