11.8.07

Resguardo, melhor não.

No momento, sou a instabilidade em verso e prosa. Mas nesta altura, pouco me interessa um canto inventado ou um sorriso mal-dado e quem sabe um olhar meio de lado.

Quem sabe desta forma eu convença a todos! Quero sair pelo corredor oposto, meu jeito de certa forma acanhado, reverte qualquer suspeita de subversão. Sou o que se vê, percebe? Quanto mais entendo, mais cético pareço, ponto.

Um sorriso não é agrado, veja só você, hoje me vê como um mau-agouro, mas até pouco me tinha. Meu sorriso é respectivo a minha vontade de dançar no salão. Então não forme uma fila. Não adianta. Os lugares são numerados, faça assim, não aguarde simplesmente a sua vez. Fique por aí, mas enquanto isso, viva fazendo tempo passar. E por favor, não esqueça de usar o corredor principal, ou o da direita, eu simplesmente usarei o outro que você, seja qual for.

8 comentários:

bellebellinha disse...

Finalizei a terceira vez.

Gonzales disse...

"um canto inventado
ou um sorriso mal-dado
e quem sabe um olhar meio de lado"
Isso dá samba heim.

Emanuel disse...

Ufa! Que texto!
Excelente!

carlO zaVa disse...

Los Hermanos é uma merda, eles não falam nada com nada.

jose f disse...

viva la revolucion!@!!

Big Trucker disse...

O posto de instável é meu e ninguém tasca.
E concordo com o seu amigo... vai fazer samba, rapá!

Camilinha disse...

Que instabilidade, Thiago.
Ou eu diria "indeciso"?!

(hoho)

nathi disse...

Quem conta um conto, ganha 1 ponto!
;)

Não vou sumir daqui, viu?