16.6.06

Yellow Frog

(chegou a hora de cantarolar)

Yellow Frog.

Subindo pela pedra de sabão.
Escorregando ali, sem corri-mão.
Aposto que você não vai descer.
Sapo Maluco nãovou te beijar.
Príncipe por Príncipe eu prefiro a minha mão.
Sapo Amarelo, estranho e sem papo. Diz aí, qualé ?!
Salta daqui, fale com a minha mão, diz que não!
Não quero mais saber de Principe não, rã por rã prefiro ficar aqui ...
amanhã, quem sabe volto pra te caçar.
Sapinho sem graça, seu papo não quer mais me dizer...
algo que eu possa saber, ou melhor, algo que eu possa sonhar.
Sapo Amarelo agora só quero te assar!
(por eu mesmo)

Um comentário:

yaCo disse...

Eu jurava que era uma composição do Peninha.